Portugal: uma curta perspectiva

22 10 2009

Apesar da já estar de “ferias” há duas semanitas, só agora vim a casa matar saudades (culpa dos papis que andam sempre a arrastar a malinha por esse mundo fora).

E estando há dois dias cá no cantinho, algumas caracteristicas que me fazem comichão vão sendo relembradas, a apontar:

1. Resmungar! Por tudo e por nada, sem pudor nem vergonha. Num passeio de 2 horitas pelo centro da cidade vi uma chávena de café ser partida (que desgraça) a anteceder os gritos de uma senhora ao seu marido “Foste tu com o jornal!”; um casalinho de adolescentes, caminhando à minha frente, onde a menina (será característica do XX?) passou 10 minutos a resmungar com o rapaz… E isto são apenas exemplos para não falar do estado do país (como se os mesmíssimos problemas não existissem noutros países), do tempo (ai o frio! Que frio… 😉 ) e sei lá do que mais.

2. Mania de falar sem conhecimentos. Não vou debater a polémica sobre Saramago e o seu novo livro (que já cá canta). Mas assim de repente, parece que todas as pessoas leram a Bíblia (!?!) e o livro que acabou de sair (tudo bem que é pequenino, mas custa-me a crer…)! Tudo fala sobre tudo, o que por si só seria um óptimo sinal se fosse precedido por uma pesquisa sobre determinado assunto. Mas não. Fala-se por se falar. Todas têm opinião sobre tudo, mas muitas vezes essa opinião é extremamente infundada e nasce mais do “para ser do contra” do que por uma justa ponderação dos argumentos.

3.  Falta dinheiro mas sempre que cá venho só vejo pessoas vestidas e arranjadas com os últimos gritos da moda, com excelentes telefones (e em Portugal telefones são caríssimos), acabados de chegar de viagens espectaculares, tudo com carros, tudo com portáteis e maquinas fotográficas XPTO… Enfim, não percebo muito bem como tudo isto é possível, mas juro que não consigo ver muita pobreza, pelo menos nos centros das cidades.

4. Televisão!!!! Dio mio! Mas o que é aquilo!!!! Nada, nadica de nada de jeito!!! Os mesmos telejornais, as mesmas notícas. Os mesmos concursos e aquelas coisas de telenovelas… Onde estão os filmes? E os documentários? O que fazem as pessoas quando só apetece enrolar no sofá e abstrair do mundo?

5. Orgulhosos do país mas só para resmungar contra alguém. Como por exemplo no caso da actriz brasileira, onde não me pareça haver ofensa nacional nenhuma, apenas uma certa demência e ignorância de uma senhora que todos julgávamos culta e elegante…

A sério, Portugal é o máximo! Morro de saudades da qualidade de vida que se tem neste cantinho, com este tempo genial, gente bonita e comida deliciosa. Mas espero que as pessoas comecem a abrir os olhos durante essas inúmeras viagens, comparem e se apercebam da riqueza que há por cá! E já agora, comecem a exigir um entretenimento televisivo de maior qualidade! Ah, e lá por o vizinho ter umas botas/carro/ televisão de não sei quantos euros, nem todos temos de gostar das mesmas coisas, muito menos parecer iguais! Onde uns gastam, poupam outros e vice-versa!

Anúncios

Acções

Information

One response

18 11 2009
Marshmallow

Olá, vim cá espreitar e gostei imenso deste post.
Partilho da mesma opinião.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s




%d bloggers like this: