Loucos à solta

13 12 2011

Ainda agora aqui cheguei, ainda mal parei de me queixar que pouco se passa por aqui e logo Liège aparece nas notícias pelas piores razões… Um homem  louco, mas mais louco ainda é a possibilidade de loucos assim terem armas de guerra em  casa. Como é possível? Onde as compram? Como ‘e que não há um sistema para alertar as autoridades?…

Na paragem de autocarro onde praticamente mudo de autocarro todos os dias, pessoas estariam furiosas com atrasos, a pensar nas palavras não ditas e ditas, a pensar em menus para jantar ou na roupa para  a entrevista de trabalho, a rever a lista de compras de Natal ou simplesmente a imaginar a vida da pessoa ao lado. E num abrir de fechar de olhos, todas estes pensamentos são violados por uma rajada de tiros, por granadas, pelo caos e por pânico.

Que mundo é este em que já nem se acaba com a própria vida sem danificar a vida de meros desconhecidos? Que  mundo é este que no mesmo dia em que um doido dispara sobre uma paragem de autocarros em Liege, um outro lunático dispara sobre senagales em Florença, matando-os pelo simples facto de serem pretos? Que mundo horrível é este?

Anúncios

Acções

Information

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s




%d bloggers like this: