Bolhinha de sabão XIV

20 07 2010

Relembrada pelo post anterior do dia da Bastilha, não consigo entender o porquê de se celebrar a nação com desfiles militares…

Hoje em dia, nesta Europa que se quer(eria) aberta, moderna, que sentido faz a demonstração e orgulho na força, na guerra? Sentido faria um desfile dos quadros essenciais ao país: profissionais da saúde, do ensino, restauração, etc…

Se eu mandasse, nestes dias de orgulho nacional desfilariam representantes das várias camadas profissionais que são bem mais importantes e valiosos a uma nação do que a sua artilharia ou o número de loops que pilotos conseguem fazer em jactos de última tecnologia (ou no caso de Portugal, da velha tecnologia russa).

E vá, continuaria a embelezar as ruas das cidades com a bandeira nacional, um dos símbolos de que mais gosto talvez pelas cores que imediatamente alegram qualquer fachada ou então por tornarem o vento vísivel.

Panteão Nacional

Objectos voadores que me acordaram…

Anúncios




Bolhinha de sabão XIII

14 07 2010

Hoje é feriado por estas bandas (weeee, um dos primeiros feriados que não calha num fim de semana).

Dia para relaxar -> check

Dia para trabalhar um bocadito ->  errr…..  Está a chover e a trovejar tanto que ainda não tive coragem de deixar o conforto do lar…

Dia para os franceses fazerem o seu jogging diário -> check (são uns doidos!!! Ou isso ou obcecados com as gordurinhas…)

Dia para picnic -> meu querido S. Pedro, pensava que eramos amigos!!!

Dia para ver os franceses celebrar a sua revolução -> er…. Chuva molha, certo? Pois… E já disse que troveja imenso?