Life goes on

17 08 2009

Mas, como tenho de me entreter de alguma forma, nem tudo são espinhos nesta vivência isolada…

Em 5 dias:

  1. Fiz imensas aulas no ginásio.
  2. Acabei mais um capítulo da tese.
  3. Mega limpeza caseira e reposicionamento da mobília (again and again).
  4. Vi o tão esperado “Inglorious Basterds” –> está espectacular! Aconselho para quem é fã de Tarantino (muito non-sense, politicamente incorrecto (mesmo!), exagero de sangue e mortes (as usual).
  5. Post-doc na mira? (to be continued…)
  6. Voltei a cozinhar (sim, o meu namorado cozinha bem, bem, bem, pelo que desde que vivo com ele raramente cozinho…)

E acho que “that’s all folks!”





Miminhos

26 04 2009

Ja’ me tinha esquecido porque continuo a chamar “casa” ‘a casa dos meus pais…

Miminhos, muitos.

Comidinha, a melhor.

Calma, muita.

Mas acima de tudo, aqui sinto-me Eu.

Agora so’ falta a inspiracao para a tese…

Almost forgot why I keep considering my parent’s house as my home.

Loads of “miminhos” (cuddles).

Loads of great food.

Loads of quiet.

But mainly because here I am myself.

Only inspiration for thesis missing now…