Ai, saudades…

7 08 2010

Há medida que o tempo vai passando, Inglaterra tem se transformado na minha memória e ganho um carinho muito especial. Imensas coisas me deixam saudades, a variedade culinária a qualquer esquina, a boa educação e principalmente a tolerância para com os outros.

Mas hoje é um dia especial em Leicester. Hoje gostava lá estar para o famoso Leicester Caribbean Carnival. É um festival que sempre me foi muito especial, já que me trazia um bocadinho de tudo que mais falta me fazia: muitas cores, desfiles, música, comida na rua, tudo ao estilo dos meus queridos Santos Populares.  Quer S. Pedro estivesse de boa ou má disposição (no ano passado chovia cats and dogs), haveria sempre desfile a acabar no enorme Victoria Park, para logo confortar o estômago e os sentidos com um caril de cabrito com arroz de feijão.





Música para a alma

3 03 2010

A cidadezinha onde tenho vivido peca (muito!) pela monotonia e falta de eventos culturais.

No entanto, quando esporadicamente grandes nomes aparecem por cá, os concertos são autênticas pérolas.

Por exemplo, como é que eu imaginaria ser possível ver o grandioso Maceo Parker, não só com imenso espaço para dançar, mas na fila da frente, olhá-lo nos olhos e sentir como nunca que, naquele momento, a música é mesmo minha? Apesar de sermos umas 100 pessoas numa sala com capacidade para um bom milhar (nunca percebi o gosto musical dos ingleses, ou a falta de…), o concerto foi fantastico e ainda lhe toquei na mão (direita) no fim do concerto! 😉

Ou, por exemplo, só me ter apercebido que Ludovico Einaudi vinha cá 4 dias antes do concerto e ainda ter conseguido bilhetes para lugares espectaculares? E que concerto! Numa altura em que conto os dias para finalmente sair daqui, em que pela primeira vez na vida peço ao tempo para avançar porque esta espera (e este lugar) me consumiram totalmente, este concerto foi uma viagem etérea. De uma forma inspiradora, cada música brincou com diferentes emoções. A minha vida neste sítio, os altos e os baixos foram passando à minha frente e, pela primeira vez, comecei a sentir saudades… Um concerto memorável com uma intensidade que ainda dura, 6 dias depois.

E como adoro partilhar, aqui fica a minha música preferida. Inspirem-se:





Atenção Guimarães!

16 01 2010

Hoje à noite há um concerto de Concha Buika, uma cantora dotada de uma voz potentíssima!

Foi a banda Sonora do capítulo 6 da minha tese. 😉 Uma mistura de sons, tendências que resulta numa música que duvido que deixe alguém indiferente.

Nunca vi ao vivo, mas se estivesse em Portugal não perderia este concerto!





Ontem a noite foi assim:

2 12 2009

Ojos de Brujo

Muita alegria, muita danca e depressa a chuva e o frio ficaram a milhas de distancia.





2009 ja traz uma bela surpresa!

23 03 2009

Lamb, a banda mais magica de sempre esta de volta! Pelo menos para 3 concertos no Verao de 2009 em Inglaterra:

Cactus Festival: Sunday 12 July 2009

The Big Chill: Friday 7th August 2009

Beautiful Days: Sunday 23rd August 2009